17 fevereiro 2017

Amo a letra dessa música #5 – Desconstruindo Amélia de Pitty

 Olá impulsivas! Tudo bem?
EMPODERAMENTO FEMININO” Cada vez que eu ouço, leio ou escrevo essa frase meu eu se enche de orgulho e esperança.
A luta pela igualdade civil entre homens e mulheres não é novidade, muito antes de nós, muitas mulheres já lutavam por isso muito tempo atrás em muitas partes do mundo. Hoje, estamos escrevendo mais um capítulo dessa história, não o último, pois sabemos que estamos longe do ideal, mas um capítulo muito importante, de muitas consolidações e conquistas.
Muitas de nós, mulheres, fomos educadas no estilo Amélia. Desde que nascemos somos programadas para cuidar da casa, dos filhos e do marido. Não casar, não querer ter filhos ou se dedicar a carreira profissional, para muitos ainda é um absurdo, algo desnecessário. Não faltarão críticas nem julgamentos.
Eu tenho alguns conselhos para todo mundo:
VIVA SUA VIDA;
NÃO TENHA MEDO DO QUE OS OUTROS FALARÃO SOBRE VOCÊ;
BUSQUE SEUS SONHOS;
SEJA O MELHOR QUE VOCÊ PUDER SER PARA VOCÊ E NÃO PARA OS OUTROS;
VOCÊ PODE SER TUDO O QUE VOCÊ QUISER SER

A canção Desconstruindo Amélia da Pitty foi o que me inspirou a escrever esse texto. Na música, Pitty descreve uma mulher que vive os dramas de uma sociedade machista. Cansada da situação, ela decide mudar, assume o controle de sua própria vida, consegue conciliar sua vida pessoal, profissional e familiar.  E o melhor, ela é muito mais feliz com sua nova vida.
Confiram a música completa:


Pitty – Desconstruindo Amélia

Já é tarde, tudo está certo
Cada coisa posta em seu lugar
Filho dorme, ela arruma o uniforme
Tudo pronto pra quando despertar

O ensejo a fez tão prendada
Ela foi educada pra cuidar e servir
De costume esquecia-se dela
Sempre a última a sair

Disfarça e segue em frente
Todo dia, até cansar
E eis que de repente ela resolve então mudar
Vira a mesa,
Assume o jogo
Faz questão de se cuidar
Nem serva, nem objeto
já não quer ser o outro
hoje ela é um também

A despeito de tanto mestrado
Ganha menos que o namorado
E não entende o porquê
Tem talento de equilibrista
ela é muitas, se você quer saber

Hoje aos trinta é melhor que aos dezoito
Nem Balzac poderia prever
Depois do lar, do trabalho e dos filhos
Ainda vai pra night ferver

Disfarça e segue em frente
Todo dia, até cansar
E eis que de repente ela resolve então mudar
Vira a mesa,
Assume o jogo
Faz questão de se cuidar
Nem serva, nem objeto
já não quer ser o outro
hoje ela é um também


É isso, pessoal!
Espero que vocês tenham gostado da música e que esse texto possa inspirar ainda mais todos nós sobre o empoderamento das mulheres.
Um beijo!


2 comentários:

  1. eu adoro a pitty e essa representação do rock nacional, nordestino e feminino!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa música, mais sou fã do trabalho da Pitty! Amei sua inspiração. ❤

    Fiz um grupo no Facebook de divulgações, assim podemos compartilhar nosso trabalho com mais pessoas. Espero que você goste e participe!
    https://www.facebook.com/groups/413766758957396/

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir