22 julho 2016

Amo a letra dessa música #1 – Eduardo e Mônica de Legião Urbana

Olá impulsivas! Tudo bem com vocês?
Bem pessoal, eu amo ouvir música. Lavando a louça, limpando a casa, arrumando o quarto, escrevendo posts... Não há nada melhor do que ouvir música, seja no tempo livre ou enquanto estamos fazendo alguma coisa.
Bem... Eu sou uma pessoa um tanto crítica e seletiva em todos os aspectos da minha vida, com música não seria diferente. Quando se trata de música nacional então... Não dá pra ouvir muita muitas coisas.
Mas não vim falar de música ruim, ao contrário, nesse novo quadro do blog vou citar e indicar músicas que tem letras que eu considero lindas, interessantes e/ou marcantes por algum motivo.
A música de hoje se chama Eduardo e Mônica da lendária banda de rock brasileira Legião Urbana, composta por Renato Russo e lançada em 1986, no álbum Dois.


A canção conta a história de dois jovens completamente diferentes que se apaixonam e enfrentam todos os obstáculos que essas diferenças acarretam, de uma maneira muito real, natural e até cômica.
A letra narra situações corriqueiras em ordem cronológica da história de amor dos dois.
Confiram a letra:

Quem um dia irá dizer que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer
Que não existe razão?

Eduardo abriu os olhos mas não quis se levantar
Ficou deitado e viu que horas eram
Enquanto Mônica tomava um conhaque
No outro canto da cidade
Como eles disseram

Eduardo e Mônica um dia se encontraram sem querer
E conversaram muito mesmo pra tentar se conhecer
Foi um carinha do cursinho do Eduardo que disse
- Tem uma festa legal e a gente quer se divertir
Festa estranha, com gente esquisita
- Eu não estou legal, não aguento mais birita
E a Mônica riu e quis saber um pouco mais
Sobre o boyzinho que tentava impressionar
E o Eduardo, meio tonto, só pensava em ir pra casa
- É quase duas, eu vou me ferrar

Eduardo e Mônica trocaram telefone
Depois telefonaram e decidiram se encontrar
O Eduardo sugeriu uma lanchonete
Mas a Mônica queria ver o filme do Godard
Se encontraram então no parque da cidade
A Mônica de moto e o Eduardo de camelo
O Eduardo achou estranho e melhor não comentar
Mas a menina tinha tinta no cabelo

Eduardo e Mônica eram nada parecidos
Ela era de Leão e ele tinha dezesseis
Ela fazia Medicina e falava alemão
E ele ainda nas aulinhas de inglês
Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus
De Van Gogh e dos Mutantes
Do Caetano e de Rimbaud
E o Eduardo gostava de novela
E jogava futebol-de-botão com seu avô
Ela falava coisas sobre o Planalto Central
Também magia e meditação
E o Eduardo ainda estava
No esquema "escola, cinema, clube, televisão"

E, mesmo com tudo diferente
Veio mesmo, de repente
Uma vontade de se ver
E os dois se encontravam todo dia
E a vontade crescia
Como tinha de ser

Eduardo e Mônica fizeram natação, fotografia
Teatro e artesanato e foram viajar
A Mônica explicava pro Eduardo
Coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar
Ele aprendeu a beber, deixou o cabelo crescer
E decidiu trabalhar
E ela se formou no mesmo mês
Em que ele passou no vestibular
E os dois comemoraram juntos
E também brigaram juntos, muitas vezes depois
E todo mundo diz que ele completa ela e vice-versa
Que nem feijão com arroz

Construíram uma casa uns dois anos atrás
Mais ou menos quando os gêmeos vieram
Batalharam grana e seguraram legal
A barra mais pesada que tiveram

Eduardo e Mônica voltaram pra Brasília
E a nossa amizade dá saudade no verão
Só que nessas férias não vão viajar
Porque o filhinho do Eduardo
Tá de recuperação

E quem um dia irá dizer que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer
Que não existe razão?


F Essa canção de 30 anos talvez seja desconhecida para a maioria de vocês, mas acredito que obras primas não possuem data de validade e merecem sem contempladas em qualquer época.
Me contem o que vocês acharam da proposta desse novo quadro e o que vocês acharam da música.
Um beijo!


17 comentários:

  1. que legal essa música, gostei bjs : )
    lanibelezafeminina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. EU AMO ESSA MÚSICA! É uma das minhas favoritas do Legião <3 Beijinhos, Franciny | Blog Montando o Look | Youtube | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  3. Essa música é muito legal! E ela conta uma história, o que é ainda mais legal!
    bjs
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir
  4. Tenho uma história assim na família. Ahhhhh como não amar essa música?????

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com ❥ Fanpage ❥ Twitter

    ResponderExcluir
  5. eu AMO legiao, tem letras maravilhosas mesmo, eu adoro essa musica, pra mim uma verdadeira historia de amor :)

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Simplesmente adoro Legião Urbana! As letras são carregadas de sentimentalismo, e o Renato era um cara tão singular e delicado. Queria estar viva nessa época! A música nem se fala <3
    Amei a ideia de post, é uma viajem para outra década.
    Beijos

    primaveraagridoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre falo que quem viveu a juventude nos anos 80 teve muita sorte.
      Fio muito feliz que você tenha gostado!
      Um beijo!

      Excluir
  7. Amo Legião Urbana . E realmente clássicos são atemporais.
    Adorei a nova sessão do blog.
    Aqui respondendo ao teu comentário do FRETE para Pernambuco me chama no whats que tenho uma condição especial para blogueiras 37 98813-7480 Aproveite :*

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) Que bom que você gostou do quadro!
      Ta bom, linda, vou entrar em contato.
      Um beijo!

      Excluir
  8. Essa música é muito amorzinho mesmo! Eu adoro.

    devaneiosdeinverno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir